Mel Gama

 

Irei secar minhas lágrimas com o sopro do vento
Deixar que a luz entre pelo portal da minha alma
Livrar-me-ei de todos os sentimentos ruins
Me deixarei aberta para o novo amanhecer que lá desponta
Varrerei pra longe pesos mortos
Fecharei os olhos e respirar.
Paty Carpes

Home